A MELHOR INFORMAÇÃO

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

PRESIDENTE TEMER LANÇA COLHEITA DO ALGODÃO EM LUCAS DO RIO VERDE E INAUGURA USINA.

O presidente Michel Temer (PMDB) acaba de lançar, em Lucas do Rio Verde, a colheita nacional de algodão, na fazenda Cortezia. Temer subiu em uma colheitadeira, por alguns instantes, e andou alguns metros na plantação para ver a qualidade da pluma, acompanhado do governador Pedro Taques, o ministro Blairo Maggi, o prefeito Luiz Binotti e parlamentares. Mato Grosso está entre os principais produtores nacionais de algodão e, na última safra produziu 876 mil toneladas em pluma e neste ano deve crescer cerca de 12%, ultrapassando 980 mil toneladas.

Daqui a pouco, o presidente inaugura a usina de etanol, a base de milho, construída pela FS, onde foram investidos US$ 115 milhões e é um dos principais empreendimentos do gênero no país, que produzirá anualmente aproximadamente 210 milhões de litros de etanol, 180 mil toneladas do 3 coprodutos, e 6,2 mil toneladas de óleo de milho, além de exportar 60.000 megawatts de eletricidade.

Além de Taques, governadores do Centro-Oeste (que participam em Cuiabá de fórum de goverandores) estão em Lucas acompanhando o presidente - Confúcio Moura, de Rondônia, Marcelo Miranda, Tocantins e também o ministro argentino Leopoldo Saorea.

O presidente deve retornar a Sinop no final da manhã e, de avião, voltar para Brasília. Conforme Só Notícias já informou, o avião da presidência pousou em Sinop, no aeroporto João Figueiredo, às 7hs. Temer foi recebido pela prefeita Rosana Martinelli, com quem conversou por alguns minutos, na pista. Ele veio acompanhado do ministro da Agricultura, Blairo Maggi, o senador José Medeiros, os deputados Nilson Leitao, Adilton Sachetti, Victorio Galli e o suplente Xuxu Dalmolin. O presidente e parlamentares seguiram em dois helicópteros, da presidência, a Lucas do Rio Verde.

Não houve manifestações nem incidentes em Sinop na chegada do presidente. A via de acesso ao aeroporto foi bloqueada pela polícia e só passaram funcionários do aeroporto, autoridades e profissionais da imprensa. Além de policiais federais e agentes de segurança da presidência, houve reforço da PM.

Em Lucas do Rio Verde, na fazenda onde houve lançamento e na usina, também não houve manifestos. Na BR-163, carreteiros e caminhoneiros continuam protestando contra a decisão do governo Temer de aumentar impostos (Cofins e PIS) sobre os combustíveis que também encareu o frete. Veículos de passeio, ônibus e carretas com cargas vivas estão passando.


(Atualizada às 09:18h - Fotos: Só Notícias/Diego Oliveira)
11/08/2017 - 08:50


Fonte: Só Notícias/Editoria com Herbert de Souza, de Lucas do Rio Verde.

SENADO APROVA PEC QUE TORNA ESTUPRO CRIME IMPRESCRITÍVEL

Com isso, não haverá mais tempo mínimo para que as vítimas desse tipo de crime façam a denúncia à Justiça.

O plenário do Senado aprovou ontem (9), em segundo turno, a proposta de emenda à Constituição que torna imprescritíveis os crimes de estupro. O texto, do senador Jorge Viana (PT-AC), foi aprovado por 61 votos favoráveis e nenhum contrário e segue agora para a Câmara dos Deputados.

Com isso, não haverá mais tempo mínimo para que as vítimas desse tipo de crime façam a denúncia à Justiça. Hoje, esse prazo é de 20 anos, após o qual, mesmo que a vítima denuncie, o autor do crime não pode mais responder por ele. A lei atual estabelece que o estupro é crime inafiançável e hediondo, o que agrava a pena e reduz o acesso a benefícios relacionados à execução penal.

Apesar das punições já mais duras, a relatora da matéria, senadora Simone Tebet (PMDB-MS), acredita que a retirada da prescrição será importante especialmente nos casos em que a vítima é criança e só tem condições de denunciar depois de adulta.

Além dos casos de menoes de idade e de situações em que o abuso ocorre dentro do ambiente familiar, há ainda casos em que as vítimas têm vergonha de denunciar porque sofrem preconceito a respeito do local em que estavam ou da roupa que estavam usando, na opinião da senadora.

“É esse lapso de tempo que fertiliza a impunidade, e é essa impunidade que se pretende combater, ao tornar o estupro, como o racismo, um crime imprescritível”, afirmou a relatora.

Para o autor da proposta, a mudança vai ajudar a revelar casos mesmo após muitos anos. “Esta Proposta de Emenda a Constituição é uma resposta, é uma voz que vai se sobrepor ao silêncio que temos hoje desse quase meio milhão de crimes de estupro [por ano] que o Brasil vive e silencia”, afirmou Jorge Viana.

Para o senador, a mudança constitucional “manda um recado duro para os estupradores que fazem do Brasil um país campeão de estupros, dizendo: 'olha, se você cometer um estupro, a qualquer momento você pagará por ele'”.



Texto: Agência Brasil

PROJETO DA FERROVIA PARAENSE É APRESENTADO A EXPOENTES DO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO.

Um dos mais importantes fóruns de discussão e identificação de oportunidades de desenvolvimento das cadeias produtivas do Brasil abriu espaço nesta quarta-feira (9), para o projeto da Ferrovia Paraense. Por mais de uma hora, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia do Pará, Adnan Demachki, falou aos representantes de 63 órgãos e entidades ligados ao agronegócio brasileiro durante a 55ª Reunião Ordinária da Câmara Temática de Infraestrutura e Logística do Agronegócio. O encontro aconteceu no prédio do Ministério da Agricultura, Abastecimento e Pecuária (Mapa), em Brasília.

As Câmaras Setoriais e Temáticas são fóruns de interlocução criados pelo Ministério da Agricultura para a definição das ações prioritárias de interesse do agronegócio brasileiro e seu relacionamento com os mercados interno e externo. A Câmara Temática trata de serviços, temas ou áreas de conhecimento relacionadas às diversas cadeias produtivas, e é constituída por representantes de várias entidades.

Na reunião de hoje, o projeto da ferrovia teve a atenção dos principais órgãos e entidades ligados à infraestrutura e logística no Brasil, como os ministérios da Agricultura, Fazenda, Planejamento e Transportes; BNDES, Sociedade Rural Brasileira, Associação dos Produtores de Soja e Milho (Aprosoja), Associação Brasileira do Agronegócio, Associação Brasileira dos Exportadores de Carne, Associação Brasileira da Indústria Ferroviária, Associação Brasileira de Movimentação e Logística, Associação Brasileira de Terminais Portuários, Associação dos Exportadores de Açúcar e Álcool, Associação Nacional dos Transportadores Ferroviários e Associação Nacional dos Usuários de Transportes de Cargas (ANUT).

Adnan Demachki expôs aos membros da Câmara todos os detalhes do projeto, explicando sua relação com o desenvolvimento não só do Pará, mas de todo o País. Falou ainda da conectividade entre a ferrovia paraense e outros dois projetos ferroviários em implantação no estado, como a Ferrovia Norte-Sul e a Ferrogrão. Sobre esta última, o titular da Sedeme foi enfático: “Queremos contribuir com a Ferrogrão, que vai exportar a soja do Mato Grosso pelos portos paraenses, mas queremos também que o Mato Grosso e o Brasil nos ajudem a escoar a soja paraense pela nossa ferrovia”.

Luis Henrique Baldez, diretor-presidente da Associação Nacional dos Usuários de Transportes de Cargas, classificou o projeto da ferrovia do Pará como “bem concebido e bem estruturado”. “O estado do Pará, rico como é, precisa viabilizar sua logística para não ficar só no potencial. Por isso é tão importante esse trabalho que vem sendo feito pelo secretário e pelo próprio governador, de percorrer o país mostrando o projeto e sua viabilidade, para captar parceiros”, disse Baldez.

Edeon Vaz Pereira, presidente da Câmara Temática de Infraestrutura e Logística do Agronegócio e da Aprosoja, disse que “a ferrovia vem resgatar a necessidade de infraestrutura e logística de uma área importante”. “Diferente dos Estados Unidos, por exemplo, onde a infraestrutura foi na frente e a ocupação acompanhou, temos um cenário em que produtor vai na frente e o governo corre atrás com a infraestrutura. Esse projeto paraense é um dos poucos que caminha no sentido de garantir primeiro a infraestrutura, para estimular a ocupação e o desenvolvimento”, comentou.

Nos próximos dias, o presidente da Câmara Temática vai viajar à Rússia para conhecer o sistema ferroviário daquele país, um dos que mais utiliza esse tipo de logística no mundo. “Vou levar aos russos esse projeto da Ferrovia Paraense, para apresentá-lo nos três dias em que estarei dialogando com o empresariado local, de forma a mostrar o seu potencial como alimentador da Ferrovia Norte-Sul”, informou.

A Ferrovia

A Ferrovia Paraense deverá cortar a porção oriental do estado de sul a norte em 1.316 quilômetros, devendo se conectar com a Ferrovia Norte-Sul, permitindo que esta chegue até o Porto de Barcarena, que no Brasil é o mais próximo dos grandes mercados consumidores como China, Europa e Estados Unidos.

O custo do projeto é estimado em R$ 14 bilhões, considerando investimentos na construção da própria ferrovia e de entrepostos de carga. O licenciamento ambiental está sendo conduzido por órgãos estaduais, com chance de o vencedor do certame assinar o contrato de concessão já com a licença em mãos, e também foi feito um mapeamento de desapropriações de 770 imóveis ao longo da ferrovia.

A possibilidade de coligação da Ferrovia Paraense com a Norte-Sul, num trajeto de apenas 58 quilômetros entre Rondon do Pará (PA) e Açailândia (MA) - trecho final da Norte-Sul - abre caminho para uma nova alternativa de escoamento de carga em um porto paraense, e é um dos atrativos do projeto para a iniciativa privada.

A Ferrovia Paraense cruzará 23 municípios paraenses e terá capacidade de carga de até 170 milhões de toneladas/ano.


Fonte: agenciaparadenoticias.com.br

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

PROJETO DE NILSON LEITÃO IMPEDE DESTRUIÇÃO DE VEÍCULOS, MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS, DURANTE FISCALIZAÇÃO AMBIENTAL

O deputado federal Nilson Leitão (PSDB-MT), presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), apresentou nesta terça-feira (8), na Câmara, o Projeto de Lei 8179/2017 que visa alterar a Lei nº 9.605, de 12 de fevereiro de 1998, para dispor sobre destruição de instrumentos, petrechos, equipamentos ou veículos de qualquer natureza utilizados em infração ambiental.

Segundo o texto, na hipótese de apreensão de veículo no momento da autuação, o órgão fiscalizador deverá restituí-lo ao seu proprietário no prazo de até 90 dias, exceto se comprovado no respectivo processo administrativo, dentro desse prazo, que aquele veículo era utilizado para a prática de infração ambiental.

A sanção administrativa de perda ou destruição dos instrumentos, petrechos, equipamentos ou veículos utilizados no cometimento de infrações ambientais, só vai ocorrer quando comprovado que tais itens eram utilizados na prática de infração ambiental, e ainda assim, decorridos no mínimo 90 dias contados de sua apreensão. Após este período eles poderão ser doados a órgão, entidade pública ou entidade sem fins lucrativos de caráter beneficente que manifeste tal interesse.

“O objetivo do projeto é evitar a apreensão de veículos cuja infração ambiental diz respeito apenas ao objeto transportado ou a uma atividade exercida naquele momento, e que ficam indefinidamente nos pátios dos órgãos públicos, sendo sucateados e perdendo seu valor econômico, fato que gera enorme prejuízo aos seus proprietários, que muitas vezes são terceiros de boa-fé, e que por vezes possuem aquele veículo como único meio de trabalho e de sobrevivência de suas famílias”, justificou Nilson Leitão.

O parlamentar reforçou ainda que doutrina e jurisprudência de tribunais consolidaram o entendimento de que somente poderá haver a sanção de destruição ou perda de bem, pelo órgão fiscalizador, quando o mesmo for utilizado preponderante ou reiteradamente para a prática de infrações ambientais. O artigo 91 do Código Penal, em seu inciso II, por exemplo, afirma que “São efeitos da condenação o perdimento em favor da União dos produtos do crime, e dos instrumentos do crime apenas caso estes consistam em coisas cujo fabrico, alienação, uso, porte ou detenção constitua fato ilícito”.

Leis, decretos e instruções normativas que destinam o material apreendido para doações, também não estão sendo respeitadas.

“Observa-se atualmente, em operações do Ibama, uma prática corrente de atear fogo em caminhões, tratores e equipamento diversos, que poderiam e deveriam ser usados por prefeituras e pelos governos estaduais. É necessário interromper definitivamente a destruição de bens em perfeitas condições de uso, sem qualquer tentativa de destiná-los para usos que atendam ao interesse público”, finalizou o deputado Nilson Leitão em sua justificativa.

O projeto aguarda despacho do presidente da Câmara, para encaminhamento às comissões nas quais será analisado.



Fonte: Assessoria Dep. Fed. Nilson Leitão

CAMINHÃO CARREGADO COM CERVEJA TOMBA NA BR 163 E CARGA É SAQUEADA.

Um caminhão carregado com latas de cerveja tombou na rodovia BR-163 próximo ao município de Trairão, neste final de semana.

Conforme a informação, o acidente aconteceu depois de o motorista perder o controle da direção do veículo e tombar saindo pista. O condutor do caminhão ficou ferido e precisou ser resgatado e levado ao Hospital Municipal de Trairão.

Segundo testemunhas, o veículo trafegava na rodovia federal, próximo a comunidade do “22” no município de Trairão, quando perdeu a estabilidade e tombou saindo da pista. Por causa do acidente, as caixas de cervejas que estavam no caminhão ficaram espalhadas , populares e muitos condutores, que trafegavam pela região, pararam seus carros para pegar a mercadoria – saquearam parte da carga.

O motorista foi identificado por “Patrick”, ele e o proprietário do caminhão são de Novo Progresso/PA.


Por: Jornal Folha do Progresso

SUPOSTO ‘MATADOR DE ALUGUEL’ É MORTO A TIROS EM NOVO PROGRESSO.

Segundo informação ele seria um Matador de aluguel com atuação na região e foi morto pela encomenda. (Foto WhatsApp).

Um homem ainda não identificado acusado de exercer a função de matador de aluguel, foi executado com tiros da própria arma na noite desta terça-feira (08), no bairro Santa Luzia próximo ao correio no município de Novo Progresso.


De acordo com a informação um homem [Sandro] em uma caminhonete preta era a encomenda e ao perceber ação do bandido teria revidado tirando arma e executado o suposto matador de aluguel. Durante a ação, o acusado foi morto com própria arma.

A reportagem do Jornal Folha do Progresso esteve no local, mas ninguém quis comentar sobre o assunto, “este homem ai foi morto porque queira matar outro”, comentam sem citar nomes. No grupo de noticias do Jornal Folha do Progresso uma postagem de áudio afirma que um tal de Sandro seria a vitima , mas percebeu ação do criminoso e revidou antes de ser alvejado, como forma de defesa, e depois se evadiu do local, postou.

Aguardem mais informações….



Fonte: Folha do Progresso

terça-feira, 8 de agosto de 2017

PROJETO DIGA NÃO AS DROGAS

A equipe do PROGRESSO NOTICIA parabeniza o projeto DIGA não as DROGAS, parabenizar o Sargento Marcos e toda sua equipe pela linda iniciativa realizada no município de Novo Progresso, evento este que aconteceu nesta terça feira dia 08/08/2017. www.progressonoticia.blogsport.com.br A NOTICIA EM PRIMEIRA MAO.

MOTO E CAMINHONETE COLIDEM NA BR-163 NO NORTÃO E UM MORRE

O acidente foi registrado na rodovia federal na região do município de Itaúba (110 quilômetros de Sinop), hoje, por volta das 12h. As primeiras informações repassadas por um policial rodoviário federal apontam que houve uma colisão entre uma moto e uma caminhonete (marcas e modelos não confirmados).

O motociclista não resistiu aos ferimentos e faleceu no local. A identidade da vítima ainda não foi confirmada. Segundo o policial, a equipe da PRF que foi atender a ocorrência ainda está no local do acidente e ainda não voltou para a base, que fica no município de Nova Santa Helena com as demais informações.

Ainda não se sabe como ocorreu o acidente. A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) foi deslocada para a região para atender o caso. O corpo deve ser encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para exame de necropsia.


Fonte: Só Noticias Sinop

REGINALDO CAMPOS COMANDAVA ESQUEMA PARA SE PERPETUAR NO PODER, DIZ POLÍCIA.


Após concluir todos os mandados de prisões e de buscas e apreensões, a Polícia Civil e Ministério Público Estadual (MPE), em coletiva de imprensa, apresentaram o balanço da ‘Operação Perfuga’.

Os principais presos na ação policial foram o Vereador Reginaldo Campos e a enfermeira Sarah Campinas dos Santos de Oliveira, são acusados de peculato, falsificação de documento público, corrupção e associação criminosa.

Segundo as investigações, Reginaldo Campos, na época presidente da Câmara de Vereadores de Santarém, contratou a enfermeira Sarah, que é servidora concursada da SESPA, para a mesma burlar o sistema de marcações de consultas na rede de saúde pública estadual. Os beneficiários seriam as pessoas que procuravam o gabinete do vereador.

FUNCIONÁRIOS FANTASMAS: Outra acusação que pesa contra o vereador, é a questão da contratação de funcionários fantasmas, pessoas que constavam na folha de pagamento, mas não tinham registro de frequência na Câmara, como foi o caso da própria enfermeira Sarah, que além de receber pela SESPA, recebia pagamento da Câmara, como assessora de Reginaldo Campos.

DESVIO DE COMBUSTÍVEL: Entre os mandados de buscas e apreensão está um relacionado à investigação iniciada pelo MPE que apura fraude na distribuição de combustível na gestão de Reginaldo Campos. Segundo a Promotora Maria Raimunda, os documentos apreendidos na operação de hoje deverão trazer mais informações que determinem o modus operandi em que os esquema funcionava.

Para o delegado da Polícia Civil responsável pelo caso, José Castro, os órgãos envolvidos não puderam ainda detalhar e divulgar algumas situações, uma vez que a operação ainda está em andamento, porém, já é possível afirmar que o grupo agia antes da eleição de 2016, e que tudo leva a crer que o esquema comandado por Reginaldo Campos, se dava em prol do enriquecimento ilícito, bem como para se manter no poder e assim continuar usufruindo das benesses obtidas por meio do esquema.


RG 15 / O Impacto

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

DEPUTADO EXIGE DO GOVERNO FEDERAL MAIS AÇÃO NOS TRABALHOS DA BR-163.

O deputado federal Chapadinha nesse último fim de semana, esteve vistoriando os trabalhos ao longo da Rodovia Federal  BR-163. Acompanhou de perto a dificuldade de toda aquela região, que é uma das Rodovias mais importante de escoamento de grãos no Brasil. Na ocasião, acompanhado do deputado estadual Hilton Aguiar, o deputado Chapadinha conversou com lideranças políticas e comunitárias e se comprometeu a lutar pela a conclusão da tão sonhada BR- 163.

Ainda nesta semana o deputado federal Chapadinha estará em uma audiência com o Ministro de Transporte e DNIT, para maiores esclarecimentos sobre a BR-163.

“Não podemos permitir que uma Rodovia Federal tão importante para a região e o Brasil, esteja esquecida pelo o Governo Federal, com apenas uma empresa minimizada em seus serviços. Temos que colocar mais recursos, mais empresas para agilizar as obras, para que em pouco tempo a nossa região possa avançar e crescer”, disse o deputado Chapadinha.


Fonte: RG 15/O Impacto e Ascom

DEPUTADO HILTON AGUIAR E CHAPADINHA VISITAM AS OBRAS DE CONSTRUÇÃO E AMPLIAÇÃO DO HOSPITAL MUNICIPAL DE NOVO PROGRESSO:

Na última segunda (31), o Deputado Hilton Aguiar e o federal Francisco Chapadinha estiveram visitando as instalações do Hospital Municipal de Novo Progresso para acompanhar a situação das obras. O parlamentar, que é autor de uma emenda de mais de 2 milhões de reais para a obra do Hospital, se comprometeu em levar novamente ao Governo do Estado o pedido para aditivar o projeto, possibilitando o recebimento de um maior volume maior de recursos a serem investidos.

"Esta obra já estava parada a algum tempo desde a administração passada e não tiveram a responsabilidade de administrar e o prefeito Macarrão, com sua vontade de trabalhar e comprometimento com a sociedade, já abriu a licitação , as obras já iniciaram e está aqui o resultado positivo. Nós estamos aqui, in loco, juntamente com o deputado federal Chapadinha, com o prefeito, conferindo de perto a obra. Nós vamos levar, junto ao governador, para ver a possibilidade de obter mais recursos para que a obra possa receber as ampliações e atender melhor a população", conclui Hilton Aguiar.

O parlamentar destacou que irá buscar uma audiência com o ministro da Saúde para somar os esforços em prol desta obra tão importante para Novo Progresso.
Estavam presentes o prefeito do município, Ubiracy Soares, alguns engenheiros e demais equipe.



#DeputadoEmAção #EstamosJuntos

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

TERÇO DOS HOMENS DA PARÓQUIA STA. LUZIA COMEMORA 2 ANOS DE FUNDAÇÃO


Na noite desta segunda, 31/07, o grupo de oração do terço dos homens da Paróquia de Santa Luzia, comemorou 2 anos de fundação. Às 19:30h teve a oração do santo terço na Igreja da comunidade, também orações e louvores diversos. Logo após servido delicioso jantar. O evento contou com a presença dos homens de Novo Progresso que costumam participar do terço e seus familiares além do Pároco Padre José Viane.

Nas palavras de um dos coordenadores do Terço dos Homens da Paróquia Santa Luzia, Edcarlos Ribeiro, foi um momento lindo de comunhão entre os homens do movimento: “Tive a honra e felicidade de estar presente nesta festa linda e maravilhosa do Grupo de Oração Terço dos Homens, eles estão em comemoração pelos 2 anos de muita luta e oração e nada melhor do que comemorar esta Festa com os homens e seus familiares.”.

O terço dos homens foi criado visando atrair, homens que por desinteresse ou falta de tempo, não estavam participando ativamente das missas, cultos e outras atividades na igreja católica. Deu muito certo, porque atualmente o terço reúne dezenas de homens todas as segundas-feiras as 19:30 hrs.


Por: Édio Rosa para Cultura FM 87.9

NOVO PROGRESSO: LIONS REALIZARÁ TRIAGEM PARA ATENDIMENTOS NA CARRETA DO HOSPITAL DO CÂNCER DIA 05/08

No próximo dia 05 de agosto a carreta do Hospital do Câncer de Barretos estará novamente em Novo Progresso realizando exames preventivos na população.

A triagem dos pacientes que serão examinados está acontecendo nesta quarta-feira (02/08), na sede do Lions Clube de Novo Progresso no Bairro São Marcos, horário a partir das 07:00 hrs da manhã. “Fazemos essa triagem com antecedência para selecionar as pessoas que mais precisam para o dia da carreta. A carreta virá dia 05 de agosto próximo, por isso já estamos selecionando as pessoas para estarem aqui no dia certinho para o exame”, disse representante de Lions Rose Pretto.

Conforme a coordenadora, na triagem é feita uma avaliação inicial e depois será realizada seleção dos casos que passarão pela carreta no dia 05/08.

“Na triagem costumamos só estars pegando a documentação que é a cópia RG, CPF, comprovante de endereço e cartão do SUS. Também fazemos anotações sobre os sintomas da pessoa e depois é feita uma seleção para o atendimento. Damos prioridade para as pessoas que nunca fizeram o exame preventivo e para as pessoas mais carentes, com foco nos exames de prevençao ao câncer de colo de útero e próstata. Temos uma enfermeira e uma companheira que foi treinada para analisar as fichas e dessas fichas nós selecionamos as pessoas que serão atendidas no dia 05”, ressaltou.

Rose destacou ainda que as pessoas que tiverem o resultado do exame preventivo alterado, serão encaminhadas para tratamento. “No dia 05 serão feitos os exames e no prazo de 30 dias vem o resultado. O exame que der resultado alterado, a gente encaminha para o Hospital do Câncer de Barretos. O objetivo é salvar vidas por meio da prevenção. Tudo que é descoberto no começo, tem chances de vida”, concluiu.


O público alvo são mulheres de 25 a 64 anos e homens de 50 a 69 anos.

sábado, 29 de julho de 2017

A ORDEM É PARA DESTRUIR TUDO; DEPOIS A GENTE VÊ O QUE DÁ, DISSE CHEFE DA FISCALIZAÇÃO MARIA LUIZA

100 homens da Força Nacional já estão em Novo Progresso para intensificar os trabalhos de combate à extração ilegal de madeira ,desmatamento e ouro na região.Vamos Destruir Tudo, depois a gente vê o que da!


As operações estavam sendo realizadas normalmente, agora foram  intensificadas , ação pode ser em represália a destruição de viaturas do Ibama em Cachoeira da Serra que renovaria a frota da fiscalização na região de Novo Progresso. 
Viaturas do IBAMA destruídas em Cachoeira da Serra

Maria Luiza (Malú) declarou ao repórter Fabiano Maisonnave da empresa FolhaPress (São Paulo) que acompanhou a fiscalização em sua primeira etapa que não esta preocupada com a sobrevivência  das pessoas na região de Novo Progresso todos depende da sobrevivência com o crime ambiental “vamos tirar, acabar tudo e depois a gente vê o que dá”, disse Malú.
Unidade de elite do Ibama (Foto Divulgação Internet)
Leia:Jornal Nacional – Ambientalistas condenam projeto de lei que reduz área de Jamanxim
Segundo a chefe da fiscalização do órgão ambiental para o sudoeste do Pará, Maria Luiza de Souza, toda a região depende economicamente do crime ambiental, principalmente garimpo, exploração madeireira e a pecuária em cima do desmatamento, atividades em que é comum o envolvimento de políticos locais e grandes empresários.
“Da maneira que eu vejo, a exploração da Amazônia é insustentável.
 É aquela coisa do extrativismo:
 vamos tirar, acabar tudo e depois a gente vê o que dá.” "Maria Luiza de Souza".


quarta-feira, 26 de julho de 2017

CONFIRMADO-FORÇA NACIONAL VAI REFORÇAR COMBATE AO DESMATAMENTO EM NOVO PROGRESSO.

Força Nacional para Novo Progresso (PA), para apoiar IBAMA

Um grupo de 100 agentes da Força Nacional seguiu hoje (25), de Brasília para Novo Progresso (PA), para apoiar equipes do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) no combate à devastação de florestas e o comércio ilegal de madeira na região, no âmbito da Operação Onda Verde. A previsão é que as equipes cheguem até o fim de semana ao local da operação, que tem prazo de duração ainda indeterminado.


Na ações, os homens da Força Nacional irão usar equipamentos como GPS. Foram enviados também camionetes e micro-ônibus. A Polícia Federal e a Polícia Federal Rodoviária também irão atuar na operação.

O reforço na segurança ocorre após um ataque a 16 veículos do Ibama, que estavam sendo transportados por caminhões-cegonhas, no início deste mês. Em junho do ano passado, um sargento da operação foi assassinado em uma tocaia.

Segundo o Ministério da Justiça e Segurança Pública, responsável pela Força Nacional, o envio do grupo de agentes não se trata de “nenhuma intervenção”. E informou à Agência Brasil que os profissionais irão fortalecer a “fiscalização e repressão ao desmatamento e comércio ilegal e qualquer outro crime relacionado”.

De acordo com o diretor de Proteção Ambiental do Ibama, Luciano Evaristo, após o ataque às viaturas, serrarias locais foram bloqueadas. Ele informou que o bloqueio será interrompido. “É um bloqueio de ordem pública, para garantir a ação do órgão na fiscalização. O cenário é complexo. Agora, com a Força Nacional, vamos atrás da grilagem, dentro das unidades de conservação, atrás do roubo de madeira de terras indígenas. Essa guerra vai até a próxima chuva. Chove, eles diminuem, a gente volta”, afirmou. O Sistema de Alerta de Desmatamento, do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), revelou que, em junho, o Pará acumulou 38% do total da área desmatada da Amazônia Legal, liderando a lista.

A região é marcada há anos por conflitos entre produtores rurais, indígenas e ambientalistas.  A tensão aumentou no mês passado, quando produtores rurais protestaram contra veto do presidente Michel Temer à Medida Provisória 756/16. O texto reduzia a área de proteção da Floresta Nacional (Flona) do Jamanxim, que fica no município de Novo Progresso. Na ocasião, Temer argumentou que, diante da “contrariedade do interesse público e inconstitucionalidade” decidiu por não sancionar a medida. Agora, a mesma matéria tramita na Câmara dos Deputados, sob a forma do Projeto de Lei 8107/17.

A Flona abrange 1,3 milhões de hectares. Cada hectare corresponde às medidas aproximadas de um campo de futebol oficial. Criada em 2006, a unidade de conservação está enquadrada no grupo de Unidades de Uso Sustentável e onde predominam espécies nativas, além de representar 0,31% do bioma amazônico.

Divergências

Contrário ao veto de Temer, o presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Novo Progresso, Agamenon Menezes, entende que o governo deve reconhecer a complexidade da questão e ser o mediador. “Nós estamos perdendo mais de 70% de área preservada. Eles querem botar pressão sobre a sociedade, à força, com a Força Nacional. Ele [o governo] desapropria sem indenizar. Não está preocupado com as pessoas que estão lá“, disse.

“O PL [projeto de lei] não atende às nossas necessidades e a sociedade vai continuar reagindo. Nós temos a lei que regulamenta a conservação, e essa lei não foi respeitada, desde a sua criação. Esse PL vem contrariar o que a lei já existente está dizendo”, argumenta.

Em nota, o ICMBio informou que a MP foi “completamente desfigurada pelo Congresso”, mas que as circunstâncias que provocaram sua proposição ainda requerem atenção, “ainda mais em um contexto do agravamento dos conflitos”. “A opção do governo de apresentação deste Projeto de Lei não é uma medida isolada. Faz parte de um conjunto de ações já em desenvolvimento que buscam estancar o desmatamento na região, diminuir os conflitos e promover o uso sustentável dos recursos florestais”, informou o orgão.

O Índice de Progresso Social (IPS), criado pela organização internacional Social Progress Imperative, aponta que a prática do desmatamento pode não resultar em melhorias econômicas para a cidade. No relatório mais recente, de 2014, a cidade de Novo Progresso ocupa o 640º lugar e a renda per capita anual de 2010 era de R$ 7.900, ocupando a 51ª posição dentre 772 municípios, com base em 43 indicadores.


Agência Brasil

JÁ SÃO TRÊS PREFEITOS ASSASSINADOS A TIROS EM 2017 NO PARÁ

(1º)- Em 24 de janeiro, o prefeito de Goianésia do Pará, João Gomes da Silva (PR), também conhecido como Russo, foi executado a tiros. (2º)- Prefeito de Breu Branco (PA) é assassinado a tiros enquanto pedalava. (3º)- Prefeito de Tucuruí, Jones William, é executado em atentado a tiros.


1º. Em 24 de janeiro, o prefeito de Goianésia do Pará, João Gomes da Silva (PR), também conhecido como Russo, foi executado a tiros enquanto estava dentro de um velório no centro da cidade, distante 98 km de Tucuruí.  Testemunhas disseram que o prefeito foi morto por dois homens de capacete, que invadiram o velório e dispararam à queima-roupa. Russo foi eleito prefeito, em 2012, com 34,81% (6.070) dos votos.

2º. No dia 16 de maio, o prefeito de Breu Branco, Diego Kolling (PSD), também conhecido como Alemão, foi baleado no peito enquanto pedalava na rodovia PA-263. Da mesma forma que Jones William, Alemão não resistiu aos ferimentos e morreu a caminho da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município. Alemão foi eleito prefeito, em 2016, com 46,75% (10.916) dos votos.

3º. O prefeito de Tucuruí, Jones William (PMDB), foi executado, vítima de uma emboscada e atentado a tiros na tarde desta terça-feira (25), no bairro Cristo Vive, em uma estrada que dá acesso ao aeroporto da cidade. Segundo informações de testemunhas, o prefeito foi alvejado com pelo menos cinco tiros, sendo que alguns disparos atingiram a cabeça. Jones William foi resgatado ainda com vida, porém, de acordo com a direção do Hospital Regional de Tucuruí, não resistiu aos ferimentos e chegou sem vida ao hospital. O clima é de medo, em Tucuruí.

No local do crime, ficaram para trás o automóvel do prefeito e um chapéu, manchado de sangue e restos de massa encefálica, usado por Jones William no momento do atentado. Ainda de acordo com testemunhas, dois homens em uma motocicleta cercaram o prefeito e efetuaram os disparos, fugindo logo em seguida. Até às 18h, os autores do crime não foram identificados. Jones William foi eleito prefeito de Tucuruí, em 2016, com 53.50% (31.268) dos votos.



Fonte: DOL